Brasil é modelo de pecuária de corte em projeto do USDA

pecuaria
14/03/2014
Brasil é modelo de pecuária de corte em projeto do USDA

A cadeia produtiva da carne no Brasil é a referência para o Programa de Mercados Emergentes (EMP, na sigla em inglês). O projeto do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), com apoio de empresas do setor privado, tem como objetivo a expansão das relações comerciais com economias em desenvolvimento. Além disso, busca estudar e assessorar essas regiões para possíveis parcerias na produção de alimentos.

Na América Central e Latina, o programa compreende a Nicarágua, Honduras, Colômbia e Brasil, países cujo foco do EMP está na pecuária bovina de corte. Desde o começo de 2013, acompanhamentos técnicos in loco, que correspondem à fase inicial do programa, vêm sendo realizados. No Brasil, as visitas ocorreram no final de janeiro de 2014 e a diferença em relação aos outros países é que o sistema produtivo brasileiro tem sido usado como um caso de sucesso para os vizinhos tropicais.

Leia a matéria na íntegra no site Olhar Direto

Central de Atendimento: (19) 2222-6320
aceitamos cartões de débito no ato da entrega.
logo rodape Desenvolvido por: Urso Propaganda